Resenha: The Opportunist – Tarryn Fisher

the-opportunist-tarryn-fisher

sinopse

Olivia Kaspen has just discovered that her ex-boyfriend, Caleb Drake, has lost his memory. With an already lousy reputation for taking advantage of situations, Olivia must decide how far she is willing to go to get Caleb back. Wrestling to keep her true identity and their sordid past under wraps, Olivia’s greatest obstacle is Caleb’s wicked, new girlfriend; Leah Smith. It is a race to the finish as these two vipers engage in a vicious tug of war to possess a man who no longer remembers them. But, soon enough Olivia must face the consequences of her lies, and in the process discover that sometimes love falls short of redemption.

dados-tecnicos

Título do livro: The Opportunist

Autor: Tarryn Fisher

Editora: Kindle

resenhando

Escrever a resenha da série Love me with lies, de Tarryn Fisher, é um pouco complicado. Sou apaixonada pela história. Se a resenha fosse filmada, provavelmente vocês não entenderiam nada. Falaria rápido demais, atropelando todos meus pensamentos. Ainda bem que estou escrevendo. Assim, posso colocar mais ordem no que penso.

Tarryn Fisher é a CARA para mim.

Em The Opportunist, os personagens traçam seus destinos através de escolhas boas, ruins ou egoístas. Poderia dar repulsa uma história assim, mas Tarryn Fisher escreve de forma tão genuína que você entende as atitudes dos personagens. Ela gera empatia. É do tipo de livro que você torce, ama, discute com os personagens. A história te deixa muito confusa também, pois ele desperta vários tipos de sentimentos.

No primeiro livro da trilogia, a história é narrada pela manipuladora, orgulhosa, mentirosa, egoísta, calculista, trapaceira, Olivia Kaspen. Facinho de amar uma pessoa com todos esses adjetivos, não? (risos)

Nessa história de amor, Olivia joga com todas as cartas. No passado, ela manipulou, mentiu e trapaceou para conquistar Caleb Drake. Enquanto ela esteve com ele, por medo de perder o controle, não soube se entregar. Ela estraga tudo.

“I knew what I was going to do, something that would hurt him more than he hurt me. That’s the way I fought, dirty. An eye for an eye.”

No presente, ela tem uma segunda chance. Caleb perde a memória e não sabe quem é Olivia. Mesmo sabendo que ele se lembrará de tudo, de todas as coisas erradas que fez, e que mais uma vez vai perdê-lo, Olivia tira proveito da amnesia para se aproximar do amor da sua vida. E continua no jogo vicioso de mentiras, mesmo sabendo que tem que dizer a verdade.

“We are not a good idea. You don’t know who you are and I know exactly who I am, which is why you should probably be running for your life.”

“I’m sorry I’ve been such a horrible person,” I say pressing my face against his chest. “I’m so sorry.”

Nesse cenário, ainda tem Leah, namorada de Caleb. Ela faz de tudo para afastar Olivia de Caleb. Olivia tem que lidar com ela também.

 “I want her gone, out of my home, and out of my life. There was no person I hated more, other than myself. She pauses on her way out and looks me in the eye—bitch to bitch.”

Muita coisa acontece. O livro vai contando história intercalando presente e passado… passado e presente. No desenvolver da história, depois de alguns anos, Olivia é a única pessoa que pode ajudar Leah a se livrar da prisão.

“I look at her bored. She is playing games with someone who knows how to play them better”.

Bom… Caleb é tudo o que uma mulher deseja. Ele é lindo, tem grana e tem os pés no chão. O único defeito dele é querer ter controle sobre tudo. Mas ele não controla Olivia. Tudo o que ele mais quer é sentir amado por Olivia. E nessa busca por amor, ele toma decisões idiotas. Tão idiotas que somadas com as escolhas da Olivia… nada dá certo.

Mesmo com toda a manipulação e mentira, Olivia não é uma pessoa má. Ela sabe das consciências de suas escolhas e muitas vezes se sente culpada ou se questionando se deve ou não. Tudo bem que na maioria das vezes ela faz… mas sempre quem sai mais machucada é ela.

“I miss you. No, not just miss you, my heart aches every day because you’re not there. I am so sorry for what I did. All of it. Please, please don’t forget me, because the possibility of that hurts more than anything else.”

Só tem uma coisa que não gostei do livro, foi o capítulo que narra o acidente do Caleb. Achei desnecessário e perdido. Visto que a história é toda narrada pela Olivia. Aí do nada entra um capítulo, com narrador onisciente. Olívia não ficou sabendo os detalhes que o narrador disse, então, só soube o que Caleb contou. Poderia ter deixado de fora, ou deixava essa parte para o último livro da série que é o ponto de vista do Caleb.

Outro personagem que eu curto bastante na série é Carmine, melhor amiga de Olivia. Ela é o grilo falante… mas só que um pouco diferente. A consciência dela é só a voz da razão. Pois ela está em quase todas com Olivia. Ri bastante com a interação das duas.

Amo toda a série, todos os personagens… até a Leah. (É até Leah) A série Love with me lies é a minha série favorita.

Fica a dica e boa leitura!

Jornalista. Moro em Niterói/RJ. Viciada em livros. Sempre acordo com olheiras, pois antes de dormir sempre penso “só mais um capítulo”. Em 2013, li cerca de 50 livros. Os que mais me marcaram foram “O lado bom da vida”, Tem Tiny Breaths, os das série Love me with lies, Breathing, Slammed e Hopeless. Para 2014, a meta é 70 livros.

4 Responses to Resenha: The Opportunist – Tarryn Fisher

  1. 1
    Míriam Puim says:

    Oi! Fiquei muito feliz pela sua visita ao Prólogos e Epílogos 🙂
    Mal vi os links que deixou lá, vim logo conferir as resenhas, obrigada pela dica, essa autora parece incrível e tenho a certeza que vou AMAR os livros dela!
    Beijo enorme, continue com o excelente trabalho aqui no site <3

    http://prologuesepilogues.blogspot.com/

  2. 2
    Ary Munniz says:

    Não achei a Olivia manipuladora ,mentirosa etc.Quem eu odiei foi o Caleb,na verdade é tudo ao contrário.

  3. 3

    Livros maravilhosos continuarei lendo, são demais…

  4. 4

    Leah criou Caleb na sua imaginação ninguém poderia ser tão perfeito,a Obsessão dela por Olivia é mais real que seu suposto amor por Caleb.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leah criou Caleb na sua imaginação ninguém poderia ser tão perfeito,a Obsessão dela por Olivia é mais real que seu suposto amor por Caleb.