Resenha: O velho vestido de noiva, de Ana Ferrarezzi

Velho-vestido-de-noiva-O-269x420

sinopse

Amélia se depara com uma devastadora notícia. Seu marido, o homem a quem se dedicou inteiramente durante trinta anos, pediu divórcio. Sem saber como prosseguir com sua vida, e aguardando que um milagre venha lhe dar uma direção, ela leva o seu vestido de noiva para uma reforma. Então, no meio do caminho, depara-se com um desdobramento inesperado.

Fábio é dono de um bistrô famoso no Recreio, Rio de Janeiro.

Desde seu traumático divórcio, abraçou uma vida solitária. Até se deparar com Amélia no ateliê de sua irmã, Letícia. Apesar de intrigado com a tristeza exposta nos olhos da bela mulher, manteve sua rotina. Então, ao caminhar pela rua, esbarra em seu desdobramento inesperado. Um livro intrigante, criativo, que acompanha com sensibilidade a transformação na vida desses dois personagens.

dados-tecnicos

Título do livro:  O velho vestido de noiva
Autor(a): Ana Ferrarezzi
Editora: Novo Século – Selo Talentos da Literatura Brasileira

resenhando

E é através de uma pouco provável escolha que a autora brasileira Ana Ferrarezzi conduz a bela história do “O velho vestido de noiva”.

Amélia viveu seus últimos 30 anos para o seu casamento. Ela achava que estava tudo bem… até que seu marido pede divórcio e comunica que vai morar com outra mulher muito mais nova que ela. O mundo de Amélia desaba. E, ela toma uma atitude pouco provável para uma mulher na situação dela: decide reformar seu velho vestido de noiva.

“Sua mãe sempre dizia: desdobramentos inesperados eram atalhos que os anjos contavam para levar as pessoas mais rapidamente à felicidade”

A partir do desdobramento chamado Fábio, Amélia decide seguir o conselho da mãe e retomar a rédea da sua vida. Ela consegue um emprego (morri de rir com a forma que ela conseguiu), um novo lar e, assim, consegue ganhar fôlego para recuperar a vida, o tempo que perdido, o poder pelo si própria e a autoestima.

Em primeiro momento, pensei que o livro seria pesado. Afinal, o cenário da vida da Amélia estava um horror. Contudo o livro apresenta uma dose de humor através dos momentos de impulsividade da Amélia e com o desespero da irmã dela, Sandra, se torna doce, com o personagem Fábio.

Não fique achando que o Fábio é um bobão. Mas ele é um homem de três mulheres: mãe, tia e irmã. Elas dominam a vida dele. E, creio que, que é por influência das três que Fábio consegue fazer o que fez pela Amélia. Por mais que homem pense com a “cabeça de baixo”, não são tontos. Nunca iriam dividir apartamento com uma mulher bonita e desesperada por lar e emprego, assim de cara. Eu, realmente, tive prazer em conhecer o personagem. Ele tem uma essência difícil de se encontrar em personagens e, principalmente, em pessoas reais. (risos)

“Quando se reforma um vestido, faz-se necessário abdicar do forro antigo, pois este pode contaminá-lo cm as bactérias. Quando se reforma a vida, faz necessário abdicar dos comportamentos que imperavam no passado. Esses também podem contaminar escolhas futuras. Uma interessante semelhança.”

A primeira coisa que me chamou atenção no livro foi Amélia ter decidido restaurar o vestido, achei super insano. Porém, quando percebi a lógica da autora ter optado por isso, a obra ficou ainda mais interessante. Ana Ferrarezzi a dividiu em partes. Cada uma abre com uma chamada apontando para um pequeno texto explicando os processos de restauração do vestido de noiva. Em seguida, ela faz uma analogia com o processo e com o de renovação de uma pessoa. E, nos capítulos em seguida ela vai desenvolvendo a história de acordo com a premissa apresentada pela reforma do velho vestido.

O Velho Vestido de Noiva é muito tranquilo de ler. Se estiver com tempo livro, tenho certeza que termina em um dia. A obra fluí muito bem e a escrita da Ana é fácil de se envolver. Eu adorei saber sobre a importância de um vestido de noiva, sobre restauração e amei os personagens.

Velho-vestido-de-noiva-livroSuper indico o livro da nossa nova autora parceira, Ana Ferrarezzi. Corra e vá comprar logo o seu exemplar.

Continuem lendo!! Sempre!!!

Beijos, Fernanda D.

P.S: Ana Ferrarezzi, obrigada pela parceria!!! Pelo livro e pelos marcadores. Nós, do Novo Romance, desejamos todo sucesso do mundo para você. Também desejo que conquiste novos leitores, da mesma forma que me conquistou.

P.S2: Estou cheia de marcadores de página do O Velho Vestido de Noiva. Os 10 primeiros que comentarem  resenha vão ganhar o marcador do livro.

2 Responses to Resenha: O velho vestido de noiva, de Ana Ferrarezzi

  1. 1
    Daniela says:

    ooooooi
    Tudo bem?
    Parece ser uma excelente leitura. Me interessei pelo enredo da história. Acredito que seja uma leitura bem agradável.
    Ótima resenha!
    Adorei a ideia da capa e dos marcadores. LINDOS! \o/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Oi Daniela, eu li o livro e ele é relamento bom.

Vai lá no site da saraiva ou da travessa que tá a venda.

Eu super recomendo!!!