Resenha: O Príncipe dos Canalhas, de Loretta Chase

principe-dos-canalhas-capa

sinopse

Sebastian Ballister é o grande e perigoso marquês de Dain, conhecido como lorde Belzebu: um homem com quem nenhuma dama respeitável deseja qualquer tipo de compromisso. Rejeitado pelo pai e humilhado pelos colegas de escola, ele nunca fez sucesso com as mulheres. E, a bem da verdade, está determinado a continuar desfrutando de sua vida depravada e pecadora, livre dos olhares traiçoeiros da conservadora sociedade parisiense. Até que um dia ele conhece Jessica Trent…

Acostumado à repulsa das pessoas, Dain fica confuso ao deparar com aquela mulher tão independente e segura de si. Recém-chegada a Paris, sua única intenção é resgatar o irmão Bertie da má influência do arrogante lorde Belzebu.

Liberal para sua época, Jessica não se deixa abater por escândalos e pelos tabus impostos pela sociedade – muito menos pela ameaça do diabo em pessoa. O que nenhum dos dois poderia imaginar é que esse encontro seria capaz de despertar em Dain sentimentos há muito esquecidos. Tampouco que a inteligência e a virilidade dele pudessem desviar Jessica de seu caminho.

Agora, com ambas as reputações na boca dos fofoqueiros e nas mãos dos apostadores, os dois começam um jogo de gato e rato recheado de intrigas, equívocos, armadilhas, paixões e desejos ardentes.

dados-tecnicos

Título do livro:O Príncipe dos Canalhas
Autor(a): Loretta Chase
Editora: Editora Arqueiro

resenhando

Quando a livraria ViverLendo me enviou o Príncipe dos Canalhas para resenhar e sortear aqui no Novo Romance não sabia muito o que esperar. Achei meio estranho o nome do livro e nem um pouco atrativo. Como eu poderia me envolver com um personagem que é um canalhão? Como isso se daria dentro de um romence de época?? A única forma de responder minhas perguntas era lendo, of course!

O Príncipe dos Canalhas, de Loretta Chase, é muito divertido. Jessica só quer livrar seu tolo e endividado irmão da influência de Lorde Dain. Ela quer que seu irmão Trent tome um bom rumo para ela poder seguir com seu sonho.

O primeiro encontro de Jess e Dain é no antiquário. Jess fica encantada por um quadro velho e começa a barganhar o valor com Dain. Na ocasião, ambos ficaram atraídos um pelo outro. Porém, Dain é um canalha que só se envolve com profissionais do sexo. De acordo com ele, ele paga e recebe pelo o que pagou. Não tinha como ele conseguir com Jess o que ele conseguia com as prostitutas. Ela era um laide. Já Jess não podia dar atenção para o que estava sentindo. Afinal, ela queria se livrar do diabo.

Dias se passam. E Dain descobre, por um fofoqueiro de plantão, que o quadro que Jess comprou era uma relíquia. Para ele, Jesso o enganara. E ele ficou decido a se vingar. Afundaria de vez por todas o idiota do Trent. Nisso, começa um jogo de vingança vicioso entre um e outro.

principe-dos-canalhas-foto

Apresentado o enredo inicial da história, vou descrever aqui o que mais gostei dos dois personagens. A Jess é mais uma heroína, a frente do seu tempo. Porém, a diferença dela para outras personagens de mesma característica é que ela é astuta e com ideias mirabulosas. Ela consegue transformar situações ruins ao seu favor… deixando Dain em saia justa.

Sobre o Dain, o que mais gostei nele é como debaixo da figura de um canalha, na verdade existe um menino perdido. Se ele não fosse assim, se ele não fosse tão orgulhoso, não teria dado tanto espaço para Jess. E, a gente não teria essa divertida história para ler.

Loretta Chase tem uma escrita muito gostosa e divertida. Eu li a obra bem rapidinho e fiquei órfã assim que ela acabou.

Certamente, indico a leitura.

Ficou interessado no livro?? Estaremos sorteando até o dia 24 de fevereiro de 2016. Para participar, clique aqui.

Continuem lendo. Sempre!!

Beijos, Fernanda D.

OBS: O Príncipe dos Canalha foi muito premiado. Entre os prêmios recebidos está o RITA, da Associação Americanas de Romances. Ele faz parte da série Scoundrels, que é formada por quatro livros. A editora Arqueiro lançou no Brasil apenas o Príncipe dos Canalhas e o Último dos Canalhas, dois últimos da série.

 

Jornalista. Moro em Niterói/RJ. Viciada em livros. Sempre acordo com olheiras, pois antes de dormir sempre penso “só mais um capítulo”. Em 2013, li cerca de 50 livros. Os que mais me marcaram foram “O lado bom da vida”, Tem Tiny Breaths, os das série Love me with lies, Breathing, Slammed e Hopeless. Para 2014, a meta é 70 livros.

One Response to Resenha: O Príncipe dos Canalhas, de Loretta Chase

  1. 1

    Olá, Fernanda.
    A premissa da obra é bem interessante, principalmente porque o protagonista foge do padrão de romances melosos de época, o que me agrada demais.
    Ótima dica.

    http://desbravadoresdelivros.blogspot.com.br – Participe do top comentarista de janeiro. Serão dois vencedores!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Olá, Fernanda.
A premissa da obra é bem interessante, principalmente porque o protagonista foge do padrão de romances melosos de época, o que me agrada demais.
Ótima dica.

http://desbravadoresdelivros.blogspot.com.br – Participe do top comentarista de janeiro. Serão dois vencedores!