Giro Literário: CoHo vem para Bienal do Livro

Essas seriam eu e Isadora sabendo juntas que CoHo vem pro Rio.

Agora é oficial!!! O boato se tornou fato. Colleen Hoover está vindo para o Rio de Janeiro, está vindo para 17º Bienal do Livro. A editora Galera Record anunciou hoje, pelo Facebook, que a CoHo participará de sessão de autógrafos na maior feira literária da América Latina e, também, que no segundo semestre lançará, em português, os livros Finding Cinderella e Ugly Love.

Nós da blogosfera já estávamos suspeitando sobre isso. Há um tempo atrás uma brasileira escreveu no facebook dela perguntando quando ela viria para o Brasil e CoHo respondeu em setembro. Logo depois acessei o site dela, e seu compromisso para setembro era “Em algum lugar excitante que ainda não posso anunciar. Estava ansiosa esperando a oficialização da vinda dela. Agora ficarei em contagem regressiva. Faltam 138 dias para a 17º Bienal do Livro. Espero ter a chance de estar com a CoHo e ganhar um autógrafo. 🙂

colleen hoover no brasil

Ainda não conhece CoHO???

Caso ainda não tenha lido nada dela, inicie sua leitura pelo primeiro livro da autora que é o Métrica. Se curtir, tenho certeza que vai amar todos s outros. Os meus favoritos Um Caso Perdido, Sem Esperança e Ugly Love. A Colleen Hoover é top. Está na lista dos meus autores favoritos. Sempre compro os e-books dela ainda no pré-lançamento. No dia que publicam o livro, eu espero chegar meia noite só para ver meu Kindle anunciar que chegou meu e-book novo. Fico que nem criança com sorriso no rosto. E, devoro o livro, rapidinho. E sempre que posso estou relendo suas histórias.

Maybe Someday???

Muitos fãs estão tristes. A editora não anunciou a publicação de Maybe Someday em português. Pela cronologia de livros da Colleen Hoover, a obra deveria ser lançada após o Finding Cinderella. É uma pena! O livro está entre os favoritos das fãs da CoHo. Minha amiga Isadora amaaaaaaa a história.

Ainda não sei o motivo pelo qual a Record não publicou o Maybe Someday aqui no Brasil. Mas sei que não é uma obra fácil. O livro conta a história de dois personagens que compõem músicas. Para proporcionar uma experiência de literatura e música para os leitores,  CoHo fez parceria com o cantor Griffin Perteson, que gravou as canções. Assim, a cada página virada, a cada música composta pelo Ridge e Sidney, nós leitores podíamos conhecer as canções dos personagens. Uma experiência sensacional e inovadora!! Ou seja, para a Record proporcionar a mesma sensação com os leitores brasileiros ela terá que gravar as músicas em português. Tomara que eles consigam publicar em algum momento.

Quem vai??

Então gente!! Estão animados para Bienal do Rio?? Quem vai estar lá??

Beijos, Fernanda D.

Easy Related Posts

Prólogo: O dia em que encontrei a Colleen Hoover

Prólogo: O dia em que encontrei a Colleen Hoover

Saiba a loucura que foi encontrar com a autora e assista ao vídeo do bate-papo. ...read more

Entrevista: Jessica Park - Amor fora do ar

Entrevista: Jessica Park - Amor fora do ar

NR entrevista Jessica Park: Autora de 'Amor fora do Ar'. Conheça mais sobre os personagens ...read more

Jornalista. Moro em Niterói/RJ. Viciada em livros. Sempre acordo com olheiras, pois antes de dormir sempre penso “só mais um capítulo”. Em 2013, li cerca de 50 livros. Os que mais me marcaram foram “O lado bom da vida”, Tem Tiny Breaths, os das série Love me with lies, Breathing, Slammed e Hopeless. Para 2014, a meta é 70 livros.

8 Responses to Giro Literário: CoHo vem para Bienal do Livro

  1. 1

    Olá, Fernanda.
    Nunca li nada da autora e os livros dela não me interessam tanto. Contudo, uma autora desse porte vai agregar muito em qualidade na Bienal. Para quem gosta ou não, é uma excelente notícia.

  2. 2
    Maíza Souza says:

    Carambaaa, to surtando aqui desde que minha amiga me falou sobre isso, ainda não acredito que a Coho vai vir no Brasil, na Bienal do Rio ~lê eu pulando aqui~.
    Quero muitooo conseguir vê-la, conseguir um autografo seria um sonho, amoooo os livros da Colleen desde Métrica, essa mulher não consegue fazer livro ruim, meu preferido é Maybe someday e se Deus quiser estarei lá na fila em setembro esperando para conhecer essa diva. *-*
    P.s.: Moro em Niterói também.

  3. 3
    Isadora says:

    A Editora disse que Maybe Someday será lançado ano que vem! Acho que as questões das músicas complicam um pouco a publicação 😉

    Mto bom a vinda dela para o Brasil! 🙂

  4. 4
    Ana Karolini says:

    Sorry, não gostei da postagem. Retire ela dai POR QUE EU NÃO VOU PRA BIENAL ): a postagem me deixou depre, aff.
    Mas to brincando, tire a postagem dai não :p só fiquei emotiva eheheh

    Beijos, Ana K | http://universoaoquadrado.blogspot.com.br/

  5. 5
    Bruna Mendes says:

    Poxa vida, eu já estava querendo muito ir na Bienal do Rio, agora que sei que a Colleen vai estar quero mais ainda, mas não poderei ir ;-;
    Adorei a postagem^^
    Bjss
    Bruna Mendes

  6. 6
    Mayla Araújo says:

    OI,
    GENTE COMO ESTOU LOUCA PARA CHEGAR SETEMBRO E PRESENCIAR ESCRITORES DE PRESTIGIO…ME AGUARDEM QUE EU TAMBÉM VOU…MAYLA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

OI,
GENTE COMO ESTOU LOUCA PARA CHEGAR SETEMBRO E PRESENCIAR ESCRITORES DE PRESTIGIO…ME AGUARDEM QUE EU TAMBÉM VOU…MAYLA