Filmes: Fui conferir 50 tons de cinza e…

cartaz-nacional-oficial-de-cinquenta-tons-de-cinza-mostra-anastasia-dakota-johnson-amarrada-enquanto-christian-grey-jamie-dornan-a-beija-Brochei. Foi isso mesmo. Fui toda animada na pré-estreia do tão aguardado 50 tons de cinza e sai decepcionada, no dia 12 de fevereiro. Entendo que a linguagem cinematográfica e a literária são diferentes, que cada um tem seu formato e suas especificidades. Porém, quando um livro é adaptado para o cinema, a essência tem que permanecer a mesma. Não encontrei o que tornava o filme e o livro genuinamente a mesma história.

Eu nunca publiquei a resenha sobre o livro. Mas resumidamente, posso relatar que odiei o Christian Gray. Não aceitava quem ele era e o fato da Anastasia Steele aceitar passar por tudo aquilo. Como mulher, me sentia revoltada com as situações. No final do livro, comemorei a atitude dela. Não curti a história da primeira obra da série, mas estava fascinada pela euforia da mulherada. Por isso, continuei com a leitura. E, no final da série, tive compaixão pelos personagens e acabei virando mais uma fã da série.

Com esse panorama, esperava encontrar os mesmos sentimentos que senti no primeiro livro no filme. Queria sentir revolta, raiva do Mr. Grey, vontade de dar uns sacodes na jovem Anastasia. Queria ter comemorado a atitude final da protagonista. Mas nada disso aconteceu.

Sobre Anastasia

Primeiro, encontrei uma Anastasia engraçada. Ela não é engraçada no livro. É um pouco atrapalhada no inicio, mas não é comediante. Segundo, ela estava muito segura de si. Para uma virgem, ela estava com muita atitude. Em momentos que no livro ela estava sofrendo com o estilo de vida sexual do Grey, no filme parecia que estava super bem.

Sobre o Grey

Ele não intimidou. Não era tão controlador no livro. Estava um fofo. Estava romântico demais. Os presentes que dava para Anastasia foram colocados como ostentação. Não demostrava a preocupação que ele tinha com ela. No quarto vermelho, esperava mais de expressão facial mostrando os sentimentos dele.

Roteiro e Direção

O grande problema do filme. Achei mal adaptado e mal dirigido. Faltou muita coisa importante e mais interessante na produção cinematográfica. Exemplo: No jantar na casa dos pais do Christian. No filme, ele só fica passando a mão na perna dela na mesa. No livro, ele fez a maldade de colocar as bolas de metal nela.  Anastasia passa o jantar todo segurando os orgasmos. No filme, não tem nada disso. Sem graça!

Sexualidade

O livro conquistou as mulheres. As mulheres que ficaram loucas com Grey. Assim, fico me perguntando. Por que exploraram mais o corpo da Anastasia do que do Grey? Deveriam ter dirigido a cena, sempre explorando o Grey, para que pudéssemos enxergar o que a Steele viu no sadomasoquista.

Conclusão

Talvez esse post seja o relato de alguém crítica demais.

Quando terminei de assistir o filme, não sabia dizer o motivo que me decepcionou. Hoje eu sei que o filme me brochou, pois senti falta da essência que enxerguei nos personagens da obra.

Tentando esquecer a trilogia da E.L.James, posso afirmar que o filme 50 tons de cinza é ok. Ele não trás a essência, mas é um filme que diverte. As cenas estão bonitas e quentes. Fui assistir com amigas que não leram e, agora, estão encantadas com o Grey. Se elas amaram é porque o longa metragem tem o seu valor.

Espero que tenham uma experiência melhor que a minha.

Continuem lendo! Sempre!!

 

Jornalista. Moro em Niterói/RJ. Viciada em livros. Sempre acordo com olheiras, pois antes de dormir sempre penso “só mais um capítulo”. Em 2013, li cerca de 50 livros. Os que mais me marcaram foram “O lado bom da vida”, Tem Tiny Breaths, os das série Love me with lies, Breathing, Slammed e Hopeless. Para 2014, a meta é 70 livros.

4 Responses to Filmes: Fui conferir 50 tons de cinza e…

  1. 1

    Oi Fernanda, tudo bem?

    Não li “Cinquenta Tons de Cinza” e não tenho o interesse de lê-lo. Já vi muitas críticas sobre ele desde o seu lançamento e boa parte delas foram bem negativas. Se eu não li o livro, imagina assistir o filme? Não, obrigada! Hahaha

    Beijinhos,
    Rafa-Eu+ Livros
    http://www.eumaislivros.com.br

  2. 2
    Larissa Souza says:

    Ainda não li a trilogia. até tentei, mas achei enfadonha no início, então não prossegui. fui ver o filme, pra ver se me estimulava à leitura… decepcionante! Se não tive saco pra ler antes, imagine depois de assistir ao filme trágico!

  3. 3
    Carla says:

    Achei tb que faltou um pouco tb do lado negro do Grey em relação a intensidade e o lado control-freak dele. Ficou muito fofo mesmo e ele não é assim.
    Sem falar que não mostraram quase nada das hesitações da Ana em relação ao estilo de vida dele.
    Não ficou tããão igual ao livro. Mas passou bem a ideia dele. No geral eu gostei bastante. Acho que como eu nunca vou esperando muito, é difícil me decepcionar.

    Bjoooos!!!!

  4. 4
    Desbravadores says:

    Oi, Fê.
    Confesso que não tenho interesse algum em conferir o filme, não é o meu estilo.
    Mas para quem curte o gênero, certamente irá gostar.

    M&N | Desbrava(dores) de livros – Participe do nosso top comentarista. São 3 ganhadores e você escolhe o livro que deseja ganhar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Oi, Fê.
Confesso que não tenho interesse algum em conferir o filme, não é o meu estilo.
Mas para quem curte o gênero, certamente irá gostar.

M&N | Desbrava(dores) de livros – Participe do nosso top comentarista. São 3 ganhadores e você escolhe o livro que deseja ganhar.